Nessa matéria vamos apresentar algumas razões do porquê artistas precisam de um site e o quanto isso pode ser determinante para alavancar sua carreira. 


1. Segurança

Expor seu trabalho numa plataforma que não é sua possui alguns riscos. O proprietário pode, da noite para o dia:

  • alterar o layout;
  • alterar as regras de exibição;
  • restringir seu conteúdo;
  • suspender ou remover sua página caso você viole algum termo;
  • prejudicar o seu algoritmo

Em seu próprio site, por outro lado, você é a única pessoa que decide como escrever, organizar e apresentar sua arte.

Nenhuma outra plataforma pode sequer chegar perto de dar a você esse tipo de autonomia e segurança.

É muito arriscado contar para sempre com a existência de uma rede social como o Instagram, por exemplo.


2. Foco na arte

Não importa o quão bom seja seu perfil no Instagram, Facebook ou Pinterest, as mídias sociais buscam atrair a atenção das pessoas com todos os tipos de estímulos possíveis.

É muito provável que deixem sua página para ver algum vídeo, outra foto, uma nova publicação, e assim por diante. O foco de uma rede social não é servir como vitrine para seu trabalho, essa é apenas uma de suas funções.

Em contrapartida, o site serve justamente para isso. Ele é inteiramente focado em você, sem distrações.

No seu site, o cliente poderá se conectar profunda e diretamente com suas obras, entender o que sua arte comunica e ver os trabalhos com maiores detalhes, sob diferentes ângulos e até mesmo sob diferentes contextos. 

Observar uma obra de frente, de lado, aproximada em algum detalhe, inserida numa parede ou com um objeto ao lado para ter noção de escala ampliam muito a experiência do público. É muito importante que as pessoas se conectem com seu trabalho.

Site para artistas
Observe como o artista digital Beeple organiza suas coleções e apresenta os detalhes de cada obra. Clique aqui e veja mais.

 

Além disso, o site permite que você, como artista, compartilhe com o público quem você é; como iniciou sua carreira; dê uma declaração artística; descreva sobre todos os seus trabalhos, etc. 

Mais do que a obra em si, os colecionadores procuram entender quem está por trás da obra.


3. Gerenciamento completo sobre seu negócio

Através de um site próprio, as vendas de obras, produtos ou serviços são realizadas diretamente pela plataforma e controladas por você.

Além disso, você tem a liberdade para adicionar publicidade, buscar patrocinadores, recomendar produtos afiliados, incorporar itens de impressão sob demanda ou simplesmente se concentrar na construção de sua marca através de textos.

Através de ferramentas gratuitas como Analytics e Search Console, ambas do Google, é possível obter informações detalhadas sobre quem visita seu site. Exemplos:

  • De que região ou país os visitantes são
  • Qual é o volume de acesso para cada página
  • Quantos minutos eles gastam em certas páginas
  • O que digitaram no Google antes de chegar ao seu site.

Informações como essas são extremamente valiosas. Elas ajudam melhorar, moldar e direcionar o conteúdo que você produz, já que tornam possível o conhecimento sobre o que desperta maior interesse para o público; o que não está sendo visto, etc. 


4. E-mail marketing

As redes sociais são muito atrativas pela questão da viralização. Da noite para o dia, milhares de pessoas podem descobrir sobre seu trabalho a partir de posts compartilhados. Em contrapartida, não são todas as publicações que vão ter um alcance alto; nem mesmo para seus próprios seguidores. É muito comum você publicar algo de interesse para seu público e o conteúdo ficar disperso na timeline da pessoa.

Com um e-mail, esse impeditivo não existe. Você tem certeza que a mensagem chegará à pessoa (ela pode até não abrir o e-mail, mas a questão é que ele, pelo menos, aparecerá).

As plataformas de e-mail marketing possuem inúmeras vantagens:

  • Registrar quem abriu ou clicou no seu e-mail
  • Apontar quais links foram abertos e quantas vezes
  • Apresentar métricas relacionadas ao melhor momento de disparo de campanha
  • Personalizar a mensagem para cada usuário, tornando o conteúdo mais íntimo

 

E-mail marketing Instaarts
Métricas da campanha "Como iniciar um negócio de fotografia"do Instaarts, nosso Laboratório de Impressão. Você pode ler a matéria aqui.

 

Se você quiser se aprofundar neste tópico, leia essa matéria: E-mail marketing para artistas: do básico ao avançado


5. Profissionalismo

Além de tudo que citamos acima, ter um próprio site passa uma imagem mais profissional. Leva o público a crer que você gerencia sua carreira de forma mais ativa e, consequentemente, mais consistente.

Criar um site é a maneira mais eficaz de divulgar seu trabalho, construir uma marca e vender obras de arte, produtos ou serviços.

Se você tem uma presença online - e seu trabalho pode ser encontrado, compartilhado, ou curtido - você pode alcançar um nível de reconhecimento que antes só poderia ser sonhado e estava diretamente à merce de ser representado por uma Galeria.

Ter um site permitirá que você construa e fortaleça sua autoridade online, dando às pessoas a oportunidade de saber quem você é como artista.



Fontes